quarta-feira, 29 de novembro de 2017

DESPRENDIMENTO






Ainda murmuraste algo sobre o tempo, o espaço e a verdade.


Enrolaste-te e adormeceste.


Desliguei as luzes e desprendi-me, em silêncio, dos teus sonhos.