quinta-feira, 5 de maio de 2016

TORGA









Na frente ocidental nada de novo. O povo Continua a resistir Sem ninguém que lhe valha, Geme e trabalha. Até cair. 

Miguel Torga