quinta-feira, 25 de abril de 2013

FOLHA DE PAPEL

Scriptease Editions
A mãe queria que ele fosse médico. O pai queria que ele fosse gente. A mãe queria que estudasse, o pai queria que cortasse as asas e deixasse de sonhar. E ele tornou-se folha de papel cheia de palavras e deitou-se poema nos braços dela, estendida sobre a areia com cheiro a mar.